2017: Moedas na fonte

escudo

Salve nação tricolor!

Antes de tudo, galera, Feliz Ano Novo a todo leitor desse espaço de amor ao São Paulo. Paz, sabedoria e força, neste 2017 que já se avizinha!
Para o São Paulo, o desejo é o anseio da realidade, para os pedidos atendidos, como se fossem moedas jogadas na fonte:
Rogério Ceni: que tenha êxito no seu gigante desafio. O maior jogador do São Paulo de todos os tempos, comandará não mais como capitão, mas como treinador, um elenco. Autoridade e moral pra isso já existem. Capacidade e experiência serão buscadas no dia-a-dia. A obstinação desse guerreiro é o maior predicado que pode possuir. Sua inteligência diferenciada idem. O principal, tem total apoio do torcedor.
Elenco: Manutenção dos melhores jogadores (que são raros na equipe), faxina no inchaço de jogadores que não tem capacidade de vestir o manto tricolor, aproveitamento e ousadia com a excelente safra da base no profissional e reforços pontuais. Tudo isso, sob muita disciplina tática e cooperação incondicional com o M1to.
Diretoria: situação e oposição, ano de eleição. Que o novo estatuto traga mudanças reais, encerrando o modelo de perpetuação de poder, vença quem vencer. Que seja um novo tempo de agregar correntes, diminuir diferenças, zerar todas situações de investigações internas, com devidas sanções ou absolvições (mas jamais impunidade).
A torcida do São Paulo é a terceira maior do Brasil, consolidada, mesmo com 9 anos de fila, adentrando 2017.
O respeito a esta nação é o principal desejo de todos!
Vencer ou perder é do jogo, mas planejar e ser íntegro, é obrigação.
Saudações Tricolores!
Feliz Ano Novo!
No Twitter: @carlosport