Grandes ídolos do SPFC, por Carlos Port: Jorge Wagner

0,,32956958-EX,00

Olá nação tricolor!

Jorge Wagner Goes Conceição, o Jorge Wagner, nascido em 17 de novembro de 1978, teria tudo pra não dar certo no São Paulo, na condição de ídolo.

Foi campeão diante do Tricolor, jogando por rival da capital, em 2003. Anos mais tarde, reencontrou o SPFC na final da Libertadores, vestindo a camisa colorada, em 2006. Logo após a derrota são-paulina, acabou indo pro clube espanhol que vetou estender o empréstimo de Ricardo Oliveira.

Mas algo a mais estava reservado no destino do bom baiano, no Morumbi, não somente na condição de adversário.

images (2)

Do Betis espanhol, surgiu o interesse tricolor no versátil ala e meio-campista, então, o empréstimo se concretizou. Aposta certeira que se constituiu na aquisição dos direitos do atleta, no mesmo ano de 2007.

jw1

Jorge Wagner foi protagonista em dois dos três títulos brasileiros do São Paulo, em 2007 e 2008. Deixou sua marca registrada de morder a camisa com o escudo do clube após um gol, em muitos momentos.

images (1)

Exímia bola parada, em mais de 200 jogos, superando 30 gols. Foi garçom com premiações individuais em assistências, mas também goleador. Bom passe e cadência de jogo nos momentos mais importantes da saga do até hoje imbatível, tri consecutivo no Brasil.

8635561.jorge_wagner_312_498

Com o sentimento de missão cumprida, ao final de 2010 Jorge Wagner foi desbravar o futebol japonês, deixando títulos e sentimento de gratidão da torcida.

Saudações Tricolores!

Crédito-imagens: Terra, UOL, Globo Esporte.

Siga-me no Twitter: @carlosport