Grandes ídolos do SPFC, por Carlos Port: Zizinho

imagem1612

Olá nação tricolor!

Tomás Soares da Silva, o Zizinho, nasceu em 14 de setembro de 1921 e faleceu aos 80 anos, em 08 de fevereiro de 2002.

imagem115

Jogador completo no meio-campo e ataque, o carioca de Niterói é considerado por muitos, o maior ídolo do Flamengo do passado, até o surgimento de Zico. Eleito ainda o melhor jogador brasileiro da Copa de 50, viveu a era de ouro do hoje modesto Bangu, mas time de tradição à época, entre 1950 e 1957, vencendo campeonatos.

imagem1107

Até acontecer um desafio novo, o futebol paulista.

zizinho 1

O São Paulo ousou no futebol brasileiro e trouxe ao país o técnico Béla Guttmann, da escola do futebol húngaro que encantara o mundo, na copa de 1954. O treinador fez um pedido com jeitão de exigência: Zizinho.

Então o Tricolor foi buscar o genial Ziza para, em apenas duas temporadas, marcar época pelo lendário título de 1957.

Zizinho foi o líder que conduziu o São Paulo na conquista do campeonato diante do Corinthians, no histórico jogo que terminou 3 a 1 no Pacaembu, onde o Tricolor não pode realizar a volta olímpica, pela chuva de garrafas dos inconformados perdedores, vinda da arquibancada.

bela-guttmann

Foram 67 jogos do craque que chegou veterano ao SPFC, já com 35 anos, mas com futebol de sobra para marcar 27 gols e ser campeão.

Eterno mestre Ziza!

Saudações Tricolores!

Crédito-imagens: Arquibancada Tricolor, Soberano Arruda, Tardes de Pacaembu, A Gazeta Ilustrada

Siga-me no Twitter: @carlosport