Grandes ídolos do SPFC, por Carlos Port: Teixeirinha

imagem6

Olá nação tricolor!

Elísio dos Santos Teixeira, o Teixeirinha, nascido em 04 de março de 1922, foi atleta lendário no SPFC.

Se não teve o reconhecimento dos super-craques da época, na condição de melhor do time, era o matador do Rolo Compressor, alcunha dada ao Tricolor dos anos 40.

imagem13

Teixeirinha chegou aos aspirantes do  São Paulo em 1939, antes ainda de completar 17 anos. Atacante que fazia tanto a chamada meia-cancha como jogava pelo lado esquerdo em deslocamentos de velocidade, começou a marcar gols em cima de gols, na era da quebra dos padrões da moeda dar cara ou coroa, nos títulos alvi-negros ou palestrinos.

imagem919

A moeda caiu em pé em 1943 e depois disso, Teixeirinha também foi campeão com os avassaladores são-paulinos em 1945, 1946, 1948, 1949 e 1953.

imagem12

Na época do Rolo Compressor, o Tricolor goleava com autoridade. Em 1945, emplacou goleada por 12 a 1 no Jabaquara santista. Em 1950, 10 a 0 no Guarani. Teixeirinha deixava suas marcas nas redes adversárias, na mesma proporção do desespero rival.

imagem616

Ao todo, foram 525 jogos com o manto tricolor, também entre os maiores da história e 189 gols, o quarto maior artilheiro são-paulino de todos os tempos.

Saudações Tricolores!

Crédito-imagens: blog Tardes de Pacaembu, revista A Gazeta Ilustrada, revista oficial do SPFC.

Siga-me no Twitter: @carlosport